top of page

Carta do Gestor - Março de 2024.

Atualizado: 9 de abr.

Prezados cotistas,


O IBOVESPA teve uma leve queda em março, de 0,7%, mesmo diante das altas nas principais bolsas do mundo. O S&P 500 subiu 3,1% e o Nasdaq 1,17%, ambos renovando recordes ao longo do mês. Nossos fundos GTI DIMONA, GTI HAIFA e GTI NIMROD tiveram altas de 2,09%, 2,15% e 1,16%, respectivamente. O dólar teve apreciação de 0,4% em relação a cesta de moeda e 0,9% em relação ao Real.


Os estimadores de inflação nos EUA seguem indicando o núcleo acima do 2% pretendido pelo FED e que, diante de um mercado de trabalho forte, adiou as expectativas dos mercados quanto ao início do ciclo de queda na taxa básica para a reunião de Junho, o que explica a valorização do dólar diante das principais moedas.


No Brasil, a geração de empregos segue surpreendendo positivamente enquanto os indicadores de inflação seguem em linha com as estimativas. Tanto a inflação esperada para este ano, assim como para o próximo, entretanto, seguem próximas a 3,5%, acima das respectivas metas de 3%. Levando-se em conta que o Governo não tem demonstrado, concretamente, que está comprometido com o equilíbrio fiscal, o Banco Central do Brasil (BCB) mudou um pouco sua comunicação quanto aos cortes futuros na Taxa Selic. Para a reunião de Maio, esperamos outro corte de 0,5% na Taxa Básica de Juros, mas, já a partir de Junho e a depender de outras variáveis fiscais, esta velocidade de queda poderá ser reduzida para 0,25%. A curva doméstica de juros tem sofrido maior pressão na parte longa, que voltou a ultrapassar o nível de 11%.


Na China houve alguns indicadores que mostraram que a atividade parece começar a reagir aos estímulos do Governo Central de forma que as commodities tiveram valorização média de 2%, apesar da forte queda no minério de ferro de 13%. Os principais destaque de nosso portfólio vieram com as altas de 27,9% e de 25,5%, respectivamente nas ações da Brisanet e da Braskem. A primeira seguiu reportando bons resultados operacionais e acertos em relação à estratégia de oferecer aos seus clientes o serviço de 5G.


A receita da empresa segue cresceu 17% em relação ao ano passado e o lucro operacional ajustado veio em linha com nossas estimativas, com margem líquida próxima a 10%. Os investimentos abaixo do esperado mostraram um nível de endividamento menor, o que neste momento trás maior segurança à tese de investimentos. Já no caso da Braskem, além de alguma melhora percebida nos spreads petroquímicos, o desempenho positivo se deveu ao anúncio de que além da Adnoc, a PIC, subsidiária da Kuwait Petroleum também estaria interessada na compra da participação da Novonor no controle da empresa.


Dentre as detratoras de resultado, as ações da Vale, nossa maior posição, caíram 5,1% no mês, refletindo a forte queda no preço do minério de ferro. Também destacamos a forte queda de 26% nas ações do Pão de Açúcar, que nos custou 0,2% no mês. A empresa concluiu a oferta de ações, levantando R$ 700 mi, abaixo do R$ 1 bi pretendido, apesar do baixo preço das ações. O mercado não parece sentir conforto em relação à recuperação de margens operacionais da varejista para próximo a 9%. Hoje a empresa tem gastado com aluguel mais do que 4% da receita e em torno de 3% para a manutenção das lojas.


As despesas financeiras devem cair com a entrada do caixa referente a venda das ações do Exito e da oferta de ações, mas devem continuar consumindo mais de 2% da receita, de forma que resultados abaixo deste patamar devem implicar em consumo de caixa. A recuperação no nível de vendas das lojas também é parte importante desta equação. Se a empresa não for ágil em remodelar suas lojas buscando recuperar seus clientes, em poucos trimestres precisará de novos aportes de capital.


Terminado o trimestre, podemos dizer que de forma geral os nossos investimentos tiveram bons resultados com destaque para as utilities, shopping malls e para o Banco Itaú. Nossos investimentos voltados ao Setor de Comodities, mesmo num momento desfavorável do ciclo, seguiram com bons números e boa distribuição de proventos, indicando boa saúde financeira.



Alocação setorial - GTI Dimona Brasil FIA

 

Atenciosamente,

André Gordon.

Comments


bottom of page